Secretária de Governo e Fazenda é sabatinada na Câmara de Búzios

Em resposta ao Requerimento nº 5/2020, de autoria do vereador Cacalho, a secretária municipal de Governo e Fazenda Grazielle Alves Ramalho – também responsável pela pasta da Saúde em Búzios – compareceu à Câmara Municipal na sessão da última semana para prestar esclarecimentos sobre a aquisição de cestas básicas pela prefeitura. O recurso de R$3.705.000,00 é do Fundo Municipal de Saúde e foi autorizado pelo Legislativo.


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva – Núcleo Cabo Frio, investiga possíveis irregularidades no contrato nº 026/2020, referente ao fornecimento de produtos alimentícios e de higiene para distribuição de cestas aos munícipes atingidos pela epidemia do novo coronavírus. A ordem foi concedida pela 1ª Vara de Armação dos Búzios. Até a conclusão da investigação, o pagamento à empresa contratada está impedido.

No final da participação da secretária, o diretor do Hospital Municipal Rodolfo Perissé Fábio Waknin falou sobre as medidas de enfrentamento à Covid-19 em Búzios. Segundo ele, uma área do hospital foi separada para atender pacientes suspeitos da Covid-19.

“O hospital tem uma área para que os pacientes com suspeita de Covid fiquem lá para que a doença não passe para os demais atendidos. Porque a maioria dos pacientes que ficam internados no hospital não tem suspeita de Covid. Para isso a gente separou uma área e colocou os respiradores lá”.

O Secretário Municipal de Obras Paulo Abranches também será convidado a tirar dúvidas na Câmara sobre sua pasta. O Requerimento 6/2020- de autoria do vereador Valmir Nobre – foi aprovado na sessão do dia 30 de abril; e o Poder Executivo tem o prazo de 30 dias para respondê-lo, conforme a Lei Orgânica Municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here