Servidores públicos de Araruama farão uma paralisação dia 23

Os servidores municipais de Araruama decidiram na última Assembleia Geral realizada na sede do Sindicato dos Servidores Municipais de Araruama pela paralisação de todas as categorias no dia 23 de outubro, quarta-feira, com concentração às 9 horas na Praça da Bíblia.

No mês de julho os professores conquistaram a atualização de seus proventos e o cartão alimentação. Contudo, as demais categorias ficaram de fora, sob o argumento de não existir possibilidade orçamentária para atender a solicitação.

O PCCR do Magistério também será um dos pontos abordados na paralisação. Este, por sua vez, encontra-se sem movimentação desde 2017. A comissão formada por representantes do governo, do SSMA, dos profissionais de educação e do magistério, busca a retomada das discussões e aprovação para envio ao legislativo.

Além disso, as categorias que percebem as menores remunerações no município como, auxiliar de serviços gerais, oficial administrativo, merendeira, vigia, auxiliar de disciplina, técnico enfermagem, enfermeiro, psicólogo, assistente social, cuidador, secretário escolar, técnico de radiologia, coveiro, maqueiro, entre outras, aguardam desde o mês maio para que o município apresente o estudo de impacto orçamentário de forma a viabilizar o reajuste salarial e o auxílio alimentação tão esperado.

Já os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias aguardam o cumprimento da lei federal nº 13708/2018, que fixa o piso salarial dos ACS e ACS em R$ 1.250,00, e a implementação da insalubridade a que tem direito.

Em virtude de tais pontos, e dada a ausência de atendimento voluntário às reivindicações, é que saem os servidores em busca de seus direitos, por meio da paralisação aqui noticiada.

Tendo em vista que a melhora na qualidade do serviço público perpassa pela valorização do servidor, contamos com o apoio de toda a sociedade araruamense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here