“Simulado de Emergência Ambiental” é realizado na Praia do Peró, em Cabo Frio

A Praia do Peró foi palco de um Simulado de Emergência Ambiental, nesta quinta-feira (29), realizado pela empresa norueguesa Equinor, que opera na Bacia de Campos. A ação consistiu em uma demonstração de estratégias de resposta a emergência em caso de vazamento de óleo no mar. O simulado foi planejado para atender dois principais objetivos: cumprimento das condicionantes do licenciamento ambiental dos Planos de Emergência Individual da empresa e o engajamento dos pescadores e embarcações locais treinados durante o Projeto de Responsabilidade Social realizado pela Equinor, em parceria com a Shell, no ano de 2017 em Cabo Frio.

O simulado contou ainda com a participação da Capitania dos Portos, Guarda Marítima e Ambiental e da Coordenadoria de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento, por meio da coordenação do Programa Bandeira Azul Praia do Peró.

Desde a tarde desta quarta-feira (28) a empresa iniciou o ordenamento dos equipamentos na faixa de areia contígua à certificada pelo Bandeira Azul, para que o exercício pudesse começar no início da manhã, hora em que as condições do mar e de visibilidade estão mais propícias.

Cerca de 28 pescadores e dez embarcações simularam a disposição de barreiras artificiais para encarceramento de manchas de óleo. Em terra, foram desenvolvidas as ações de bombeamento, armazenamento e separação do óleo da areia. Todo o exercício foi realizado com materiais impermeáveis e piscinas próprias para o trabalho, sem prejuízo nenhum para a água, areia, fauna ou flora locais.

“Foi um grande aprendizado, principalmente porque acidentes de vazamento de óleo podem chegar em qualquer praia do litoral de Cabo Frio. Para o Programa Bandeira Azul, a escolha da Praia do Peró é mais um item positivo no engajamento da população local, por meio dos pescadores”, comentou Paloma Arias, coordenadora do Bandeira Azul Praia do Peró.

Para o comandante da Guarda Marítima e Ambiental, Paulo Fernando dos Anjos, o exercício serve como uma atualização para os agentes.

“Já conhecemos as metodologias, mas, a cada ano, novos equipamentos e estratégias são apresentados. Para nossos agentes, é uma forma de estar sempre atualizados sobre um trabalho de extrema importância para a proteção ambiental da nossa costa”.

A Equinor tem sede na Noruega e opera em mais de 30 países, com mais de 40 anos de experiência em produção de petróleo e gás na plataforma continental norueguesa e mais de 20 mil funcionários no mundo todo, sendo a maior operadora offshore do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here