Sindicato dos Servidores de Araruama vai à justiça pelo pagamento de auxílio alimentação aos professores

Diante da pandemia e da necessidade do magistério de Araruama atuar através da plataforma “on-line”, conforme recomenda o Plano de Ação Excepcional de Oferta e de Atividades Pedagógicas Não Presenciais, regulamentado pela Portaria SEDUC/074/2020, os professores e especialistas em Educação não tiveram os cartões do “vale-alimentação” recarregados pelo governo da prefeita Lívia de Chiquinho (PP).

Com o intuito de garantir o direito dos servidores, o Sindicato dos Servidores Municipais de Araruama (SSMA) deu entrada nesta quinta-feira, dia 14, no Mandado de Segurança Coletivo na 1ª Vara Cível da Comarca de Araruama.

Impetrada pela instituição em face da prefeita do município, a ação cobra o pagamento do auxílio alimentação dos servidores já na próxima folha. Apesar do efetivo exercício pelo regime de teletrabalho, esses funcionários não foram contemplados com o referido benefício.

Trata-se do Processo nº 0004666-82.2020.8.19.0052.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here