Vacinação contra a gripe é prorrogada até dia 30 de junho em Cabo Frio

A vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 30 de junho. A campanha, que está na segunda fase da terceira e última etapa, estava prevista para encerrar no dia 5 de junho. Segundo o Ministério da Saúde, o motivo é o baixo índice de procura por grupos prioritários. Em Cabo Frio, 3.982 pessoas já receberam as doses desde o início da campanha, no dia 11 de maio, número que confirma a baixa procura também no município.

O público-alvo são os professores de rede pública e privada e pessoas de 55 a 59 anos de idade. O uso da máscara é obrigatório no ato da vacinação e que é recomendável a utilização de álcool em gel. Ao todo, 28 postos oferecerão as doses respeitando as recomendações de distanciamento social durante a pandemia, das 9h às 17h.

Os postos que estão aplicando as doses são: Centro de Saúde Oswaldo Cruz, ESF Praia do Siqueira, Hospital Dia (localizado na Rua Expedicionários da Pátria, bairro São Cristóvão) e aos postos de Saúde dos bairros Araçá, Boca do Mato, Angelim, Botafogo, Cajueiro, Caminho de Búzios, Gamboa, Guarani, Jacaré, Jardim Caiçara, Jardim Náutilus, Manoel Correa, Maria Joaquina, Monte Alegre, Nova Califórnia, Parque Burle, Samburá, Santo Antônio, São Jacinto, Unamar, Vila do Ar, Vila do Sol, Vila Nova e Tangará.

Na primeira etapa desta terceira fase foram vacinadas crianças de 6 meses a menor de 6 anos, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas. Esse grupo e os demais que por algum motivo não conseguiram receber as doses continuarão sendo atendidos até o final da campanha nos postos mencionados. Até o momento foram vacinadas:

Crianças – população de 14.796, vacinadas 1.307 (8,83%);
Gestantes – população de 2008, vacinadas 251 (12,5%);
Puérperas- população 330, vacinadas 35 (10,61%);
Adultos – população 9.397, vacinados 2.389 (25,4%).

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina contra influenza não tem eficácia contra o novo coronavírus, porém, neste momento, ajuda os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a covid-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde, já bastante demandados por conta da epidemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here