Alunos de São Pedro da Aldeia plantam cerca de 100 mudas nativas no Dia da Árvore

Educar pelo exemplo. Esta foi a ordem do dia nesta quarta-feira (21/09). Em comemoração ao Dia da Árvore, 67 alunos da E. M. Carolina Pinheiro, da E. M. Miriam Alves de Macedo Guimarães – Cívico Militar e do Programa Forças no Esporte (PROFESP) da Marinha do Brasil, participaram de uma atividade interativa e lúdica. As crianças e adolescentes assistiram a uma apresentação teatral de conscientização ambiental e colocaram as mãos no solo para plantarem cerca de 100 mudas de espécies nativas. A ação foi realizada pelas secretarias de Meio Ambiente, Agricultura e de Educação, e ocorreu no Jardim Rosa, localizado no bairro São José.

A iniciativa cumpre a proposta do prefeito Fábio do Pastel, de ampliar a arborização do município. O Secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, reforçou a importância de conscientizar a população. “O Dia da Árvore é simbólico, mas precisamos dessa consciência o ano todo e ter essa cultura de estar sempre plantando árvores. Envolver as escolas é fundamental porque incute nas crianças a ideia de que se cada um fizer sua parte a cidade vai ficar mais arborizada. O objetivo é que cada morador abrace essa proposta. A meta é chegar em todo o município”, apontou.




As secretarias municipais envolvidas optaram por árvores nativas para a ação. Foram plantadas ipês rosas, pitangueiras, aroeiras, araças e guaquicas (árvore de restinga própria da região). Os alunos assistiram a uma apresentação teatral que falou sobre a importância de proteger o meio ambiente de forma lúdica e também tiveram o momento do lanche. 


Segundo o secretário de Agricultura, Thiago Ribeiro, além das 100 mudas separadas para o evento do Dia da Árvore, outras 100 foram destinadas para o evento em celebração ao Dia da Luta da Pessoa com Deficiência realizado na manhã desta quarta-feira (21) na Praça Agenor Santos, no Centro. A pasta encaminhou, ainda, 45 mudas de plantas nativas para ação de plantio na Creche Dona Chica.

A pequena Sofia, de 10 anos, aluna da E. M. Carolina Pinheiro, é apaixonada por plantas e já exerce a atividade em casa. Ela ficou animada com o evento e conta que já apelidou a muda de aroeira, que ajudou a plantar. “Eu amei plantar e até dei um nome para ela, é Estela. Vou amar passar aqui em frente e ver ela crescer. O teatro foi muito bom, eu não sabia que quando o espaço está poluído, as borboletas não ficavam. Agora, sempre que ver uma borboleta, vou lembrar”, contou.




Também alunas do E. M. Carolina Pinheiro, Sarah e Maria Clara, de 10 anos, aprovaram a iniciativa e se divertiram. Elas contaram, ainda, que aprenderam que não se deve deixar água parada e que é um dever de todos ajudar a proteger o meio ambiente. 
Localizado ao lado da vila de praças da Marinha, na Rua Bela Vista, o espaço foi revitalizado pela moradora Rosilany Correia em 2020 como exemplo de cidadania. Ele é mantido pelos moradores do bairro com apoio da prefeitura. Rosilany distribuiu sementes e broches para os alunos. “Desde que comecei o projeto, o objetivo sempre foi agregar pessoas e falar sobre coletividade, por isso ter as crianças aqui hoje e a presença das secretarias municipais e do PROFESP, da Marinha, é fundamental. Uma planta é um patrimônio e tentamos educar pelo exemplo. Todo esforço é válido”, ressaltou. 




A gestora ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Aline Beatriz, destacou que é de São Pedro da Aldeia e quando surgiu a possibilidade de ampliar a arborização no município, ficou muito contente. Ela ressaltou também que a área escolhida e o entorno serão beneficiadas com o plantio de árvores, pois inibem até mesmo o descarte irregular de resíduos nestes locais, além de oferecerem mais sombras e qualidade de vida aos moradores do bairro. Os assessores da pasta, Messias dos Santos Valadares e Geraldo Gonçalves atuam diariamente nas ações da secretaria e reforçaram a importância ambiental do projeto, que visa criar parques naturais ao longo do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here