Empresário do Espírito Santo morto em explosão de lancha em Cabo Frio tentou salvar crianças

0
374

Aleksandro Leão Vieira, de 36 anos, uma das vítimas da explosão de uma lancha no dia 17 de junho, em Cabo Frio, voltou para a embarcação para salvar as crianças após a acidente, de acordo com familiares. O empresário teve 75% do corpo queimado e não resistiu na madrugada desde domingo (23).

Aleksandro era empresário e, além dos amigos, estava na lancha com a esposa Caroline Pimentel, 28 anos, e a filha Ana Livia Pimentel, de cinco anos. As duas estão internadas no Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), e, segundo a assessoria da unidade, o estado de saúde delas era estável até a última atualização. 

Além de Ana Lívia, o capixaba deixa outras duas filhas, que não estavam com ele no momento do acidente.

“Quando a embarcação explodiu, ele foi arremessado para fora da lancha. Mas ele voltou para pegar as crianças, que era o Davi, o Gean e a filha dele, Ana Júlia. Só que esse retorno não foi tão rápido. No susto, ele ficou paralisado até realmente conseguir pegar os pequenos”, disse a irmã Aline Vieira.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here