Polícia acha picanha, linguiça e celulares na cela de Glaidson e vai transferi-lo para prisão de segurança máxima

Uma vistoria na cela do empresário Glaidson Acacio dos Santos, dono da GAS Consultoria Bitcoin, encontrou picanha, linguiça e celulares nesta terça-feira, dia 28.

Glaidson está preso na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio. Na mesma ala, está Tunay Pereira Lima, outro preso por suspeita de participar do esquema ilegal de bitcoins, que segundo a Polícia Federal movimentou mais de R$ 38 bilhões.

Os dois, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, serão transferidos para a penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pellegrino (Bangu 1) até que sejam concluídas as apurações da Corregedoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here