Vigilância Ambiental de Cabo Frio reforça o combate ao Aedes aegypti

0
190

 

As equipes da Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio seguem trabalhando no combate ao mosquito Aedes aegypti em toda a cidade. Para reforçar a ação, esta semana as equipes se dividiram em atuação nos dois distritos, com dois carros e seis motofogs. Uma parte dos agentes iniciou a visitação em Santo Antônio, no distrito de Tamoios, com aplicação de larvicidas nos charcos alagados às margens da Rodovia Amaral Peixoto.

Além disso, os agentes também atuam no saneamento ambiental. Na ação são utilizados carros e motofogs que pulverizam repelente natural de citronela, uma planta que possui propriedades insetífugas, mantendo todos os tipos de mosquitos afastados.
A médica Andreia Nogueira, coordenadora da Vigilância em Saúde Ambiental no município, explica o funcionamento do serviço. “Seguimos protocolos e notas técnicas emitidas pelo Ministério da Saúde, onde se preconiza o não uso de inseticidas piretroides, que foram as primeiras armas usadas no combate do mosquito Aedes aegypti. O uso indiscriminado destes produtos fez com que o mosquito criasse resistência a vários inseticidas. Além disso, o veneno mata os mosquitos, mas também abate seus predadores. Então, nos dias atuais, a orientação do Ministério da Saúde é para a utilização deste tipo de inseticida só nos casos de epidemias. Por isso, estamos utilizando este repelente natural à base de essência de óleo de citronela”.

Depois de uma interrupção, o combate foi retomado na sexta-feira (2), no Guarani. Na semana passada, uma equipe atuava em Tamoios, enquanto outra equipe visitava bairros da cidade. Desde terça-feira (6), a programação incluiu Jardim Esperança, Vila do Ar, Porto do Carro, Fazenda Jardim Peró, Reserva do Peró, Caminho de Búzios e Tangará. Nas próximas semanas os demais bairros dos dois distritos da cidade também serão atendidos.

Andreia Nogueira reforçou que toda a população deve continuar também fazendo sua parte no combate ao Aedes aegypti. “Preconizamos mais o trabalho de conscientização e informação da população para que todos participem da prevenção e combate a possíveis focos do mosquito. As recomendações sobre como evitar deixar água parada, tampar ralos e caixas d’água são importantes”, explicou.

ESCALA DO FUMACÊ DE CITRONELA DESTA SEMANA

Quarta – 14/03
Portinho
Novo Portinho
Jardim Excelsior
Ville Blanche
Jardim Flamboyant
Itajuru

Quinta – 15/03
Braga
Vila Nova
Algodoal
Centro
Passagem

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here