Búzios conquista aprovação de três praias no Júri Nacional do Programa Bandeira Azul para temporada 2024/2025

0
158

Pelo terceiro ano consecutivo, Búzios conquista mais praias na premiação do Programa Bandeira Azul, selo de qualidade ambiental, mundialmente conhecido. E na última quinta-feira (13), o Júri Nacional do Programa Bandeira Azul aprovou mais uma praia para a primeira temporada de 2024/2025, a praia de Tucuns. Também foram renovadas as certificações das praias do Forno e Azeda/Azedinha, com isso o município conquista três (03) praias premiadas.

A conquista para a primeira temporada de toda a extensão da praia de Tucuns, e a renovação das praias do Forno e Azeda/Azedinha, coloca o município em evidencia no cenário de turismo sustentável, Além de valorizar o patrimônio natural e atrair turistas conscientes.

 As praias e marinas aprovadas pelo Júri Nacional serão encaminhadas ao Júri Internacional, que se reunirá em setembro, em Copenhague, Dinamarca, para a decisão final. O resultado está previsto para ser divulgado em outubro, e a cerimônia de entrega nacional da Bandeira Azul acontecerá no dia 1º de novembro.

Ao todo, são 38 critérios avaliados pelo júri, incluindo qualidade da água, gestão ambiental e patrimonial, segurança, serviços e educação e informação ambiental. As praias e marinas certificadas precisam comprovar anualmente o cumprimento dos critérios estabelecidos pela Foundation for Environmental Education (FEE), fundação internacional responsável pela promoção do programa.

O município, também formalizou a inscrição da praia da Tartaruga, porém no escopo a longo prazo, que começou com a retirada dos quiosques e as obras de urbanização que serão realizadas, a mesma, continua inscrita na fase piloto para a próxima temporada.

A premiação Bandeira Azul, reconhecida mundialmente por promover a qualidade ambiental e a sustentabilidade nas regiões costeiras, promete trazer mais reconhecimento ao turismo no Brasil. Na temporada passada, 42 locais receberam o selo, sendo 31 praias e 11 marinas. A expectativa é que este número aumente significativamente na próxima temporada.

Neste ano, o Júri Nacional do Programa Bandeira Azul Brasil foi composto por representantes do Ministério do Turismo (MTur), Ministério do Meio Ambiente (MMA), EMBRATUR, Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Instituto Ambientes em Rede (IAR), Associação Náutica Brasileira (ACATMAR), Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro, Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA) e Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (ABEMA). Anualmente, essas entidades se reúnem para avaliar o cumprimento dos critérios e definir as praias, marinas e embarcações de turismo qualificadas ao prêmio, que serão submetidas ao Júri Internacional.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here