Igualdade Racial de Cabo Frio promove Julho das Pretas com programação especial

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Coordenadoria Geral de Promoção da Igualdade Racial, vai promover uma programação especial pelas comemorações do Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, celebrado no dia 25 de julho. As atividades do evento “Julho das Pretas” serão realizadas entre os dias 23 e 25 de julho, na Casa do Bicentenário da Independência, no Parque Municipal do Itajuru.

O objetivo é dar mais visibilidade às empreendedoras e artistas negras do nosso município, além de celebrar a força e a resistência da mulher negra. Em uma jornada cheia de potência e ancestralidade, estão previstas diversas ações, entre elas, feira cultural e afroempreendedora; manhã de autógrafos, workshops, oficinas, exposições de artes, intervenções culturais, apresentação de projetos e muito mais.

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha foi instituído em 1992, durante a primeira edição do Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e afro-caribenhas, em Santo Domingo, na República Dominicana. A data é um marco internacional da luta e resistência da mulher negra contra a opressão de gênero, o racismo
e a exploração de classe. No Brasil, a data foi estabelecida por meio da Lei Federal nº 12.987 de 2014, que instituiu o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

Confira a seguir a programação completa do “Julho das Pretas” em Cabo Frio:

23 DE JULHO (SÁBADO) – Primeira edição de “Dandaras: Feira Cultural e Afroempreendedora”, das 10h às 17h

10h às 17h – Feira de artesãs e empreendedoras negras

10h às 12h – Workshop de box braids, com Xelly Afroarts

11h às 12h – Oficina de Jongo, com Oficineira Raoana e Coletivo Omo Ode

13h às 13h40 – Música e Movimento, com Paticumbum

13h40 às 14h20 – Oficina de Maculelê, com Oficineira Érica e Coletivo Rumpi Capoeira

14h20 às 15h20 – Workshop de Maquiagem, com Tiffany Makeup Beauty

15h20 às 16h – Balé: desenvolvimento e autoestima, com Lidiane Honorato

Haverá ainda a participação da fotógrafa Thammy Carvalho; Exposição de Artes com a artista afro-indígena Renata Dórea e Exposição de acessórios afro com Joice Emiliano, da AFROnta Lagos.

24 DE JULHO (DOMINGO)

10h – Manhã de autógrafos com a escritora Elaine Marcelina, do seu livro “Beata: a menina das águas”

25 DE JULHO (SEGUNDA-FEIRA)

19h – Apresentação do projeto do Centro de Referência das Relações Étnico-Raciais com o Núcleo de Mulheres Negras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here