Novo Cras do Jardim Esperança, em Cabo Frio, é entregue à população

O novo prédio do Cras do Jardim Esperança foi entregue à população na quarta-feira (13), após a inauguração do espaço pelo prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, e pela secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti.

O Cras do Jardim Esperança vai atender moradores do bairro e também de localidades como Caminho de Búzios; Jardim Peró; Monte Alegre II; Parque Eldorado I, II, e III; Reserva do Peró; São Jacinto; Tangará e Vila do Ar. Somente de janeiro a junho deste ano, foram realizados 3.839 atendimentos.

“É uma alegria entregar o Cras para funcionar em prédio próprio, adequado, com novas instalações e novos equipamentos. Temos que atender bem nossa população. Era um absurdo o local onde antes funcionava o Cras, sem nenhuma condição para o público e para o funcionário. Hoje temos esse lugar agradável, com grades e um grafite espetacular feito por um artista local, para a população usufruir”, afirmou o prefeito.

A solenidade contou com a presença do secretariado municipal, de representantes do Legislativo, dos superintendentes e equipes da Secretaria de Assistência Social.

Além da reforma do espaço, a Prefeitura de Cabo Frio também equipou a unidade com mobiliário; aparelhos de ar-condicionado; computadores e acessórios; bebedouro, entre outros.

“É um momento só de agradecer a tantas pessoas que tornaram isso possível. Agradecer ao prefeito, as equipes da Assistência e dizer que o Cras está aqui para a comunidade. Obrigada a todos que tornaram isso possível”, agradeceu a secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti.

SOBRE OS CRAS

Os Cras são equipamentos de políticas públicas, dentro da área da Assistência Social, responsáveis por oferecer, de forma gratuita, serviços e benefícios voltados para pessoas em situação de vulnerabilidade social. São unidades que prestam atendimentos individualizados ou em grupo a indivíduos e famílias.

Os Cras oferecem três tipos de serviços, que são: Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF); o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e o serviço de atendimento em domicílio para idosos e pessoas com deficiência. Além desses serviços, o Cras do Jardim Esperança também vai oferecer oficina de desenho artístico.

De acordo com o Sistema Único de Assistência Social (Suas), o objetivo do Cras é prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidades e riscos sociais nos territórios por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here