O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta quinta-feira, dia 23

 

Ninguém ganha do ex-prefeito; Suposta eleição suplementar; Mesmo cenário no novo governo; Prefeito X Educação; Isso é muito sério; Vereadores barrados.

Araruama

Com discurso inflamado, o ex-prefeito Chiquinho da Educação, chamou adversários de “canalhas e laranjas” e diz enquanto ele viver os adversários não ganham dele. Disse também que até de cadeira de rodas vence seus algozes. Nas ruas e na Câmara de Vereadores, o assunto é um só: para os entendidos da política de Araruama, Chiquinho apagou incêndio com gasolina. E agora?

Búzios

A oposição em Búzios só fala em eleição suplementar. Para os entendidos da política de Búzios, se tiver uma eleição três nomes são dados como certos no pleito. São eles: Alexandre Martins, Cacalho (presidente da Câmara) e a vereadora Gladys Costa, que aparece nas pesquisas. E agora?

Cabo Frio

O governo Adriano Moreno neste momento não aponta para dias diferentes dos governos anteriores. Mesmo com 36 dias, já era para mostrar uma ligeira mudança na Saúde e vários setores da prefeitura. Em muitas secretarias, as caras são as mesmas, sem contar que no governo do atual prefeito tem servidores sendo processados e investigados e continuam com cargos relevantes. Em postos faltam insumos e médicos. O povo já viu este filme antes em Cabo Frio.

São Pedro da Aldeia

Um grupo de profissionais da educação de São Pedo da Aldeia ocupou a recepção do prédio da prefeitura. Os manifestantes querem falar com o prefeito Claudio Chumbinho. O prefeito alega que algumas reivindicações não podem ser atendidas, porque a lei não permite. Segue o impasse.

Arraial do Cabo

O vereador Ari Viana dos Santos, o Arizinho do PV, está sendo acusado de xingar de “satanás” o presidente da ONG Arraial Free, Théo Silveira. Arizinho, após ser chamado de “transfóbico” pelo ativista, teria reagido com a frase: “Tá amarrado em nome de Jesus” e chamou o presidente da ONG de “satanás”. Isso é muito sério.

Barrados no baile

Os vereadores Bruno Costa, Naldinho e Ediel Teles foram barrados na porta da prefeitura de São Pedro, quando tentavam conversar com os funcionários do Sepe. O prefeito mandou fechar o portão. Ficaram de fora. A vereadora Lenir, foi mais habilidosa e entrou pela lateral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here