Polícia investiga denúncia de estupro contra uma mulher autista em Iguaba Grande 

A Polícia Civil de Iguaba Grande está investigando uma suspeita de estupro conta Evlin, de 33 anos. De acordo com a polícia, a vítima conheceu o suspeito pela internet. 

Segundo a delegada responsável pelo caso, será feita uma perícia psiquiátrica na vítima, já que a mãe dela alegou que a mulher teria algum déficit psiquiátrico. A polícia quer saber se a mulher era capaz de entender e consentir a relação. 

Evlin desapareceu na noite de terça-feira, dia 06, por volta das 18h50. Ela entrou em carro na cor preta e foi devolvida no dia seguinte por um carro de aplicativo no dia seguinte.

O homem, de 40 anos, está sendo procurado e o inquérito tem o prazo de 30 dias para que sejam colhidos os depoimentos e feitos os exames de perícia.

A menina precisou ser submetida a uma série de exames na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), já que as relações sexuais não foram realizadas com uso de preservativo.

Ela recebeu coquetel anti-HIV e também pílula do dia seguinte. Na manhã desta quinta-feira (8), Evlin realizada o exame corpo delito no Instituto Médico Legal (IML).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here