Projeto de equoterapia é iniciado na Fazenda Campos Novos em Tamoios

Em comemoração ao Dia Nacional da Equoterapia, celebrado em 9 de agosto, a Prefeitura de Cabo Frio iniciou, na Fazenda Campos Novos, em Tamoios, atividades de equoterapia para pessoas com deficiência intelectual. As ações são realizadas por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Cabo Frio.

De acordo com o cronograma, as atividades são realizadas às terças e quintas-feiras, das 8h às 17h. Até o momento, 24 assistidos da Apae fazem parte da metodologia. Os participantes são divididos igualmente para os dois polos da entidade, tanto na sede de São Cristóvão, quanto no Polo Tamoios. No total, 60 assistidos serão contemplados.

A equoterapia é um método terapêutico que utiliza cavalos por meio de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais. É uma forma de reabilitação baseada na neurofisiologia, tendo como base os padrões de movimentos rítmicos e repetitivos da marcha do cavalo.

Durante as sessões, ocorre integração sensorial entre os sistemas visual, vestibular e proprioceptivo e envio de estímulos específicos às áreas correspondentes no córtex, gerando alterações e reorganização do Sistema Nervoso Central e, consequentemente, ajustes posturais e padrões de movimentos mais apropriados e eficientes.

“É com imensa alegria que disponibilizamos a Fazenda Campos Novos para os assistidos da Apae, que aqui terão mais qualidade de vida. Estando em contato com o cavalo, eles podem desenvolver melhor todos os sentidos, tais como físico, pedagógico, social e psicológico”, declarou o secretário de Agricultura e Pesca de Cabo Frio, Daniel Couto Fernandes.

De acordo com a presidente da Apae Cabo Frio, Adriana Moraes, o uso do cavalo como elemento terapêutico é fundamental para a aceleração dos resultados das pessoas com deficiência.

“Realizar a equoterapia é proporcionar aos usuários da Apae Cabo Frio e do Polo Tamoios, uma das terapias mais completas, buscando o desenvolvimento biopsicossocial para reabilitar pessoas com deficiência intelectual múltipla e autistas. Essa parceria da Apae junto da Prefeitura de Cabo Frio vai levar ainda mais dignidade para nossos assistidos”, afirmou Adriana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here