Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio realiza mutirão de fiscalização de imóveis para combate à dengue 

Com o objetivo de potencializar as ações já desenvolvidas para eliminar possíveis focos de proliferação das larvas do mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Cabo Frio está realizando um mutirão de fiscalização em imóveis fechados até o fim do mês de julho. A expectativa é que, em média, três mil imóveis sejam vistoriados por dia.

O mapa de atuação é feito por busca ativa identificada pelos agentes de endemias, por denúncias da população e também nos locais notificados pelo setor de epidemiologia do município.

A coordenadoria da Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde possui ações permanentes durante todo o ano. Os agentes do setor percorrem constantemente os bairros da cidade atuando no controle e focos do mosquito e os criadouros predominantes.

Apesar de toda atuação do governo, a população deve fazer a própria parte e realizar as ações de prevenção para coibir a proliferação do mosquito.

“Agora, estamos no período de chuvas constantes e grande parte dos criadouros continua dentro das casas, como vasos e pratos, frascos com plantas, bebedouros de animais, entre outros. A população tem que ter consciência dos riscos das doenças causadas pelo mosquito, e sempre olhar os possíveis focos que possam ter acúmulo de água”, diz Andréia Nogueira, coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental.

As denúncias podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na sede da Vigilância em Saúde Ambiental, localizado na rua Índia, nº 40-A, bairro Jardim Flamboyant.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here