Barraqueiro morto em praia de Arraial do Cabo tinha ligação com tráfico e não possuía autorização da prefeitura para trabalhar

0
1

Na tarde deste domingo, dia 29, uma briga entre barraqueiros pela posse de espaço, na Praia do Pontal do Atalaia em Arraial do Cabo, resultou em um episódio trágico. 

O confronto, inicialmente centrado em um desacordo sobre a localização de guarda-sóis, escalou rapidamente para um nível alarmante de violência, levando à execução de um dos envolvidos. Um dos envolvidos saiu e voltou armado disparando contra outro, que morreu na hora. 

A vítima, identificada com Lúcio, vulgo “Magrinho”, não tinha autorização para trabalhar como barraqueiro, segundo a Prefeitura. Lúcio possuía diversas passagens pela polícia e vídeos na internet ostentando arma de fogo. 

A Polícia Militar foi prontamente acionada e chegou ao local para atender a ocorrência. 

O caso foi registrado na 132ª Delegacia de Polícia de Arraial do Cabo, onde investigadores agora trabalham na coleta de depoimentos e evidências. Câmeras de segurança na área podem oferecer pistas cruciais que ajudarão a esclarecer as circunstâncias exatas do confronto e identificar o responsável pelo ato violento, identificado como Jhonatan.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here