Cabo Frio vai receber verba para obras de saneamento no bairro Praia do Siqueira

A cidade Cabo Frio foi contemplada pelo Comitê de Bacias Hidrográficas Lagos São João (CBHLSJ) com a aprovação de recursos para obras de saneamento no bairro Praia do Siqueira. O valor aprovado foi de R$ 1.710.029,02 e será destinado à continuidade das obras da rede separativa de esgoto, que já foram realizadas parcialmente pela Concessionária Prolagos.

A reunião da plenária do CBHLSJ aconteceu no dia 14 de dezembro. Os valores fazem parte do PAP 2023-2027 e foi aprovado após tramites administrativos internos. O projeto passará por adequação do Executivo e, posteriormente, será analisado pela Prolagos, afim de adequar e universalizar o sistema coletor nos mesmos critérios construtivos.

“Estamos muito felizes com mais essa conquista para Cabo Frio. Essa verba será fundamental para acelerar a construção da rede separatista e melhorar ainda mais a saúde da lagoa e, consequentemente, a pesca e o turismo local”, destacou Rosalice Fernandes, secretária municipal de Meio Ambiente e Saneamento.

A previsão incial é que as obras tenham início no segundo semestre de 2024.

Sobre o CBHLSJ

O Comitê de Bacias Hidrográficas Lagos São João (CBHLSJ) é uma entidade colegiada, vinculada ao Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERHI-RJ), com atribuições consultivas, normativas e deliberativas, de nível regional, de duração ilimitada, integrante do Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SEGRHI), nos termos da Lei Estadual n.º 3.239/99.

O Comitê foi criado em 2004 e sua área de atuação abrange inteiramente os municípios de Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Silva Jardim, e parcialmente os municípios de Cachoeira de Macacu, Casimiro de Abreu, Maricá, Rio Bonito e Rio das Ostras.

Os municípios possuem cadeiras representativas nos Subcomitês, Câmaras Técnicas (CTs) e Grupos de Trabalho (GTs) que são organizados dentro do CBH. Essas representações técnicas são importantes para levar ao CBH os principais problemas e prioridades dos municípios quanto a gestão dos recursos hídricos, estes que são debatidos nesses espaços de discussão técnica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here