Espaço Cultural de Búzios apresenta nesta quinta-feira o “Toré”, dança e canto do povo Fulni-ô

 

A Secretaria de Cultura e Patrimônio Histórico de Búzios receberá no Espaço Cultural Zanine, nesta quinta-feira (27), às 16h, indígenas do povo Fulni-ô para uma apresentação única do Toré, uma expressão de conexão espiritual, representado principalmente pelo ritual de dança e canto. Além do Toré, haverá uma roda de conversa e venda de artesanato.

A roda de conversa abordará o tema “Povos Originários e seus costumes”, com a presença de representantes Fulni-ô. O povo Fulni-ô de Pernambuco é o único grupo indígena do Nordeste que conseguiu manter viva e ativa sua própria língua, o Ia-tê, durante todo o processo de colonização.

Além das habilidades artísticas e manuais, os Fulni-ô guardam o sagrado ritual Ouricuri, que acontece todo ano no mês de agosto.

Em 2019, os Fulni-ô estiveram em Búzios participando do projeto social “Na Kama Kai”, um intercâmbio cultural entre crianças do Havaí e de Búzios, tendo como eixo do encontro a relação sagrada dos povos originários com o Mar.

Uso de máscara e distanciamento são obrigatórios.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here