Home Cidades Cabo Frio Foragido da justiça por executar cliente com a ajuda do filho na Região Serrana é preso em Cabo Frio

Foragido da justiça por executar cliente com a ajuda do filho na Região Serrana é preso em Cabo Frio

0
Foragido da justiça por executar cliente com a ajuda do filho na Região Serrana é preso em Cabo Frio

No último sábado, dia 21, a Polícia Militar prendeu em Cabo Frio um criminoso foragido há dois meses, acusado de executar um homem em São José do Vale do Rio Preto, Região Serrana do estado.

De acordo com as investigações, Robson Rocha Santos, de 45 anos, e seu filho Gustavo Muniz Rocha, de 25 anos, executaram o cliente de uma mercearia no dia 27 de agosto deste ano.

Robson foi reconhecido por um transeunte enquanto estava em uma barbearia no Peró, Cabo Frio. Segundo a PM, quando os policiais perguntaram se ele tinha passagem criminal, Robson ficou nervoso. O homem possuía um mandado de prisão em aberto por homicídio qualificado.

Na época do crime, o filho foi preso há poucos metros da mercearia onde ocorreu a execução. Gustavo tentou fugir de carro, mas foi localizado pelos agentes. No dia seguinte, a mãe e a namorada do preso foram flagradas tentando encontrar a arma do crime. Gustavo se livrou do revólver calibre 38 pouco antes de ser detido. A arma tinha numeração raspada com seis munições, sendo cinco deflagradas e uma intacta.

Segundo testemunhas, ambos chegaram armados ao local durante a madrugada, mas apenas o pai atirou. De acordo com os relatos, dois tiros foram efetuados na rua e três contra a vítima. Um dos disparos atingiu Marlon no tórax. 

O assassinato teria sido motivado por uma discussão entre os envolvidos. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital das Clínicas de Teresópolis, mas morreu na mesa de cirurgia.

Familiares e amigos da vítima haviam distribuído cartazes em busca de informações que pudessem ajudar a polícia a encontrar Robson da Rocha Santos. “Nos ajude para que esse monstro não destrua mais a vida de ninguém”, diz uma das postagens.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here