Julgamento do prefeito afastado de Búzios, Alexandre Martins, é suspenso após ministro pedir vista

0
5

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) voltou a analisar, na sessão plenária desta quinta-feira (7), a ação que determinou o afastamento do prefeito de Armação dos Búzios (RJ), Alexandre Martins, e do vice-prefeito, Miguel Pereira, na Região dos Lagos do Rio, por suposto abuso de poder econômico cometido nas Eleições 2020.

A discussão na Corte Eleitoral foi retomada após a ministra Isabel Gallotti ter decidido, em 1° de fevereiro deste ano, de forma individual, pela cassação da chapa do Republicanos. A ministra concordou com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), tomada em setembro de 2022.

Nesta quinta, a ministra Isabel Gallotti voltou a afirmar que houve irregularidade na conduta dos cassados. “O conjunto de provas apresentado na ação revela, com segurança, a ilicitude da conduta. O grupo investigado venceu a disputa pela prefeitura por margem reduzida, o que demonstra que a conduta delitiva abalou a igualdade entre os candidatos”, pontuou. Após o voto da relatora, o julgamento foi suspenso com o pedido de vista do ministro Floriano de Azevedo Marques.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here