Mãe de investidor de criptomoedas assassinado em São Pedro da Aldeia pede para alterar local de julgamento


Cléber Lopes

A família do youtuber e investidor em Criptomoedas Wesley Pessano – assassinado a tiros em agosto de 2.021, em São Pedro da Aldeia – , a mando do ex-garçom, Glaidson Acácio dos Santos, vai pedir ao promotor do caso Michel Queiróz o desaforamento do julgamento. Ou seja, alterar o local do julgamento.


A informação é do advogado Luciano Régis durante entrevista de Carla Santarém Pessano, mãe de Wesley, ao programa Bom Dia Litoral nesta quarta-feira, dia 18.

O advogado representa a família do youtuber na assistência da acusação.


Luciano Régis defende a transferência do julgamento para Niterói. Segundo ele, o júri na região está comprometido, já que mesmo preso, acusado de ter determinado a execução de três concorrentes, Glaidson obteve cerca de 40 mil votos nas eleições para deputado federal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here