O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta terça-feira, dia 25

Búzios

O Ministério Público Federal quer explicações  do prefeito de Búzios, Alexandre Martins e do INCRA sobre a construção  de um autódromo, na Baia Formosa, numeração  desapropriada pela prefeitura no valor de R$ 6 milhões.  O procurador da República, Leandro Mitidiei, explica que a área de um milhão  de metros quadrados, destinada a construção do autódromo, está dentro do território reivindicado pela comunidade quilombola da Baía  Formosa. A prefeitura e o INCRA deverão informar ao Ministério Público Federal os limites da area desapropriada e da área reivindicada pela comunidade remanescentes de escravos. O governo, de acordo com ofício do Procurador da República, deverá, também, apresentar estudos de impacto da construção do autódromo sobre o quilombo de Baía  Formosa.

Iguaba Grande

A secretaria de Saúde de Iguaba Grande suspendeu, ontem, a vacinação de crianças, de 5 a 11 anos, contra a Covid-19 no município devido a falta de doses da vcina pediátrica. A secretaria informou, em nota, que aguarda a chegada de novas remessas enviadas pelo Governo Federal e distribuídas pelo Estado para retomar a vacinação. A imunização de primeira e segunda dose para crianças acima de 12 anos e dose de reforço  para o público  acima de 18 anos continua sendo realizada nas Unidades Básicas de Saude e no posto médico da Praça da Estação.

São Pedro da Aldeia

A taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Pacientes Graves (UPG) destinados aos infectados pela COVID em São Pedro da Aldeia dobrou e passou de 10% na sexta- feira para 20% ontem. O Ìndice de ocupação dos leitos de enfermaria na cidade, de acordo com o novo boletim epidemiológico da  secretaria de Saude saltou de 30% para 40%. A ocupação de leitos de observação teve queda de 3% passando de 40% na sexta- feira para 37% ontem. O município registrou 341 novos casos da doença no fim de semana. O número de infectados pelo novo coronavírus  saltou de 7.946 na sexta para 8.267 nesta segunda-feira.

Cabo Frio
O primeiro Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti, realizado em Cabo Frio, identificou baixo risco de infestação do mosquito responsável por doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela. O levantamento mapeou focos do mosquito em 54 dos 6.964 imóveis  da cidade visitados pela equipe de Vigilância em Saude Ambiental entre os dias 9 e 15 de janeiro. O Índice  de infestação na cidade é de 0,8%, valor considerado de baixo risco, segundo as diretrizes adotadas pelo Ministério da Saude. O risco de surto de dengue se configura quando a infestação atinge o percentual de 4%.

Araruama

O vereador Elói Ramalho (PSD) que se licenciou da Câmara de Araruama, para assumir um cargo no governo do Estado do Rio, disse hoje em entrevista ao Programa Bom Dia Litoral, da Litoral FM, 94,5, que vai continuar com suas cobranças e fiscalização ao governo de Lívia de Chiquinho. Em seu lugar vai assumir a professora Valéria Amaral, que, segundo os corredores, vai chegar no (sapatinho). Então tá…

Arraial do Cabo

A intimidade com que foi tratado o prefeito de Arraial do Cabo, Marcelo Magno, pelo governador Cláudio Castro, no sábado, na inauguração da Faetc, causou ciúmes em alguns. O governador, até deu uma ajeitada no colarinho do terno de Marcelo Magno. É carinho que não acaba.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here