Cabo Frio ganha Centro de Visitação e Educação Ambiental Marinha do Projeto Albatroz

Cabo Frio acaba de ganhar um importante espaço para propagação de conhecimento científico e inclusão das comunidades da região do Porto do Carro, Boca do Mato, Monte Alegre e redondezas. O Centro de Visitação e Educação Ambiental Marinha, do Projeto Albatroz, foi inaugurado neste domingo (24), com uma série de atrações culturais para o público e a presença de autoridades, como a prefeita Magdala Furtado e secretários municipais.

O espaço, que fica ao lado do Parque Ecológico Municipal Dormitório das Garças, na Avenida Wilson Mendes, e de frente para a Lagoa de Araruama, recebeu cerca de 800 pessoas no primeiro dia de visitação. O público pôde conhecer as instalações do Centro, que conta com áreas de recreação, pavilhões de exposições e atividades com o público, prédios com salas para aulas e oficinas com a comunidade, além de Centro Interpretativo com trilha autoguiada.

O terreno de mais 18 mil metros quadrados que abriga o Centro foi cedido pela Prefeitura em 2019. Além disso, a iniciativa conta com o total apoio do Governo Municipal, como destacou a coordenadora do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, em discurso durante a cerimônia solene.

“Eu quero agradecer a todas as secretarias que nos ajudaram ao longo desse processo: a Secretaria de Cultura, Meio Ambiente, Comunicação, Eventos, e várias outras áreas da Prefeitura e, em especial, à Comsercaf. Eles foram sensacionais e participaram de vários mutirões para preparar a área para que a gente pudesse celebrar nessa festa maravilhosa”, ressaltou Tatiana.

Por sua vez, a prefeita destacou a importância de disseminar a educação ambiental no município, a partir da implantação do Centro de Visitação. Magdala aproveitou para colocar a estrutura do Governo Municipal à disposição do Projeto Albatroz.

“Quero parabenizar todas as pessoas envolvidas que acreditaram nesse sonho, e que trabalharam em cima disso. Olha quantos anos de trabalho e de luta, para entregar para a nossa população. A gente precisa aprender muita coisa de Educação Ambiental. Eu vou estar direto aqui, porque estou encantada. Quero agradecer a todos que participaram e dizer que o Governo está de portas abertas, porque a gente quer estar junto, pois é o crescimento para todos nós”, garantiu.

Após a solenidade no palco, a prefeita acompanhou a cerimônia de assinatura do centésimo painel do artista plástico Alexandre Huber, na parede de entrada do Centro, que retrata a figura de um enorme albatroz. Além de Magdala, estiveram presentes a secretária de Educação, Rejane Jorge; o secretário de Cultura, João Félix; a secretária interina de Governo, Luanna Cabral; o secretário de Obras e Serviços Públicos, Carlos Augusto Gonçalves, entre outros integrantes do Governo Municipal.

O evento de abertura do espaço teve ainda jogos, brincadeiras e atividades de educação ambiental para crianças, além de exposição de projetos e instituições parceiras, como Projeto Meros do Brasil; Projeto Uçá / Guardiões do Mar; Huber Arte Marinha; Universidade Veiga de Almeida e Coletivo Jovem Albatroz. A solenidade foi encerrada com a apresentação do Grupo de Câmara da Orquestra Petrobras Sinfônica, que realizou um concerto em tributo ao compositor Cartola (1908-1980).

Sobre o Projeto Albatroz

O Projeto Albatroz nasceu em Santos (SP) e desde 1990 trabalha pela conservação das espécies de albatrozes e petréis que se alimentam em águas brasileiras. O projeto é patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, desde 2006, e mantém uma base avançada de pesquisa na Universidade Veiga de Almeida (UVA), no campus de Cabo Frio, desde 2014, que possibilitou a ampliação das pesquisas no Porto de Cabo Frio, que é rota de diversas embarcações de pesca de espinhel com a qual os albatrozes e petréis interagem e pela qual são capturados.

O projeto é coordenado pelo Instituto Albatroz, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que trabalha em parceria com o poder público, empresas pesqueiras e pescadores.

A partir da inauguração, o Centro de Visitação e Educação Ambiental Marinha do Projeto Albatroz funcionará de quinta a domingo, das 13 às 17 horas. Mais informações sobre eventos e excursões podem ser obtidas pelo site http://www.projetoalbatroz.org.br .

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here