Serviços essenciais seguem afetados na Região dos Lagos

0
108

Cidades da Região dos Lagos do Rio têm alterações no transporte público e em serviços públicos, como Saúde e Educação, nesta segunda-feira (28), oitavo dia de mobilização nacional dos caminhoneiros contra a alta do diesel.

Transporte público
As linhas de ônibus estão reduzidas em toda as cidades da Região dos Lagos do Rio devido à falta de combustível causada pela greve dos caminhoneiros. O Grupo Salineira, que atua em toda a região, divulgou intervalos maiores nas linhas de ônibus para esta segunda-feira (28).

As alterações valem para linhas que passam por Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios. Os horários de todas as linhas estão sendo informados pelo telefone (22) 2647-8200. O horário de atendimento vai de 8h a 17h30, de segunda a sexta-feira, e de 8h a 12h, no sábado.

Em Macaé, a SIT opera com metade dos ônibus nas ruas, com todas as linhas em circulação. O serviço de transporte escolar funciona normalmente.

Dentro do município de Armação dos Búzios, onde o transporte é feito por vans, os intervalos da passagens dos coletivos está maior nesta segunda, de acordo com as duas cooperativas que atuam na cidade.

Educação
Não há aulas em todas as escolas das redes municipais de São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Saquarema, Araruama e Arraial do Cabo nesta segunda-feira (28). Já em Casimiro de Abreu, a suspensão vai até terça (29).

Iguaba Grande decretou estado de emergência na sexta-feira (25) e suspendeu as aulas nas escolas e creches por tempo indeterminado, até que a situação seja normalizada.

As universides Estácio de Sá e Veiga de Almeida não têm aulas nesta segunda-feira nas unidades de Cabo Frio.

Alterações na Saúde
Em São Pedro da Aldeia, as viagens de tratamento de saúde fora de domicílio, quando pacientes são levados para outras cidades para tratamentos específicos, também não acontecem nesta segunda. No entanto, os atendimentos de urgência e emergência funcionam normalmente.

Não há alterações nos atendimentos da Saúde em outras cidades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here