Van com pacientes de Cabo Frio a caminho de hospitais no Rio é sequestrada por criminosos

0
107

Uma van que prestava serviços para a Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio foi sequestrada por criminosos na última terça-feira (9). O veículo levava o motorista, três pacientes que passariam por tratamento de saúde no Rio de Janeiro e uma profissional de saúde.

De acordo com os ocupantes do veículo, criminosos os abordaram na Avenida Brasil, na altura de Bonsucesso, e exigiram ser levados até a comunidade de Acari, na Zona Norte da cidade. 

Os pacientes estavam indo passar por tratamento no Hospital Federal de Bonsucesso. 

Ao chegar no destino dos criminosos, os pacientes, a profissional de saúde e o motorista foram deixados na rua. Os bandidos levaram o veículo. 

O caso foi registrado na 39ª DP (Pavuna). Os policiais requisitaram as imagens de câmeras de segurança, que serão analisadas. Diligências estão sendo realizadas para identificar os autores do crime. 

O veículo roubado por criminosos tinha rastreador, que indica que ele foi levado para a favela de Acari. 

A Prefeitura de Cabo Frio afirmou que, apesar do susto, os pacientes e funcionários estão bem e ninguém foi agredido ou ferido. 

Inicialmente, um veículo da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro resgatou os ocupantes da van. Depois, eles foram atendidos por outro carro, da Prefeitura de Cabo Frio. 

Outro caso

Segundo a Prefeitura de Saquarema, um caso semelhante aconteceu com uma van do município da Região dos Lagos no dia 1º de abril. Um veículo que fazia o transporte de cinco pacientes para a capital fluminense foi abordado por cinco homens armados em três motos na Rodovia Presidente Dutra.

Os suspeitos assumiram o controle do automóvel e fugiram. 

Depois que eles perceberam que os passageiros eram pacientes, pararam a van para que eles e o motorista pudessem descer. Ninguém ficou ferido e outra van foi deslocada para buscar as vítimas. Ainda na sexta a van foi recuperada e o caso foi registrado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here