Abatedouro clandestino é fechado em Araruama após fiscalização do Inea e Polícia Civil

0
6

Nesta terça-feira (12), um abatedouro clandestino foi fechado em Araruama, após uma fiscalização do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), por meio da Superintendência Lagos São João, e da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). 

A ação foi realizada a partir de denúncia recebida pelo órgão ambiental estadual.

De acordo com o Inea, após um levantamento prévio e investigações, os técnicos e os agentes vistoriaram uma propriedade particular situada no distrito de São Vicente, onde encontraram um abatedouro que operava sem licença ambiental e demais documentos, como alvará de funcionamento e autorização sanitária.

O Inea informou que, ao percorrer o local, a equipe constatou contaminação do solo por sangue e restos de carcaças dos animais abatidos, descartados diretamente no chão. 

No local, havia ainda, segundo o Instituto, uma máquina frigorífica onde eram realizados cerca de 40 abates por semana sem os devidos cuidados com a higiene e com o meio ambiente.

O abatedouro foi fechado e o dono da propriedade particular foi encaminhado para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, onde prestou esclarecimentos. 

Segundo o Inea, ele foi autuado com base na Lei Estadual nº 3.467/2000 por operar empreendimento sem licença ambiental e por contaminação do solo e responderá por crime ambiental.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here