Cabo Frio se prepara para receber quinto transatlântico da temporada

O Poesia, da MSC, chega à cidade neste domingo (28)

0
659

O turismo e a economia de Cabo Frio ganharam um impulso a mais na alta temporada 2017/2018 com a rota movimentada de cruzeiros na cidade. Mais de 13,5 mil turistas tiveram a oportunidade de conhecer as belezas do município em quatro escalas de transatlânticos, sem contar com 1/3 da tripulação, que também pode desfrutar das paradas. E, neste domingo (28), mais um navio de grande porte vai passar por águas cabo-frienses: o Poesia, da MSC. Ao todo, 12 cruzeiros vão passar pela cidade até março.

O Poesia vem do Rio de Janeiro com 3223 passageiros e 1039 tripulantes, chegando às 9h. O navio fica até as 19h e depois segue para Ilha Grande, em São Paulo. O transatlântico é o mesmo que já esteve na cidade no dia 1º deste ano. Antes, o MSC Música, com 3.100 passageiros e tripulação de 987 pessoas, ancorou no dia 31 dezembro.

Já no dia 5 de janeiro foi a vez do MSC Preziosa passar o dia na cidade com 4.363 pessoas e tripulação de 1.370 profissionais. No último dia 15, o Soberano, da Pullmantur, veio do Rio de Janeiro e chegou à cidade por volta das 9h com a tripulação de 825 profissionais e 2882 passageiros.

Em fevereiro o transatlântico Poesia MSC volta à cidade para sua terceira escala da temporada: será no dia 23 de fevereiro. Para o mês de março são esperados pelo menos mais seis navios.

“O turismo de cruzeiro é uma oportunidade para a venda do destino. Passageiros e tripulantes desembarcam nas cidades onde os navios fazem escalas para visitar, conhecer, fazer compras. Essas visitas costumam ser rápidas, porém determinantes para o retorno dos turistas”, afirmou a secretária de Turismo, Fabíola Bleicker.

Temporada 2018/ 2019 confirmada

A temporada de cruzeiros para o verão 2018/2019 já tem quatro escalas confirmadas, incluindo duas internacionais. O Marina, da Oceania Cruises, deve passar pela cidade em 13 de dezembro, durante cruzeiro de longo curso. Em 19 de abril, o Sirena, também da Oceania, faz sua primeira escala na Praia do Forte.

Impacto econômico

Uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas revela que o impacto econômico médio no Brasil gerado por cada cruzeirista nas cidades de escala é de R$ 559,80. Desse total, o maior gasto, segundo apurou a pesquisa, é com compras e presentes no comércio varejista, seguido de alimentos e bebidas, transporte e passeios turísticos. O setor gerou, ano passado, mais de 25 mil empregos no Brasil que vão desde postos de tripulação nos navios a empregos diversos de forma direta, indireta e induzida, motivados pelos gastos dos turistas nas cidades onde os navios fazem escala.

O crescimento da indústria de cruzeiros é uma tendência mundial. Segundo a Cruise Lines International Association, em 2018, 16 novos navios entraram em serviço e, em 2019, o número será recorde, com 23 novos navios entrando em operação.

Trade turístico recebe capacitação

E para receber bem aqueles que chegam na cidade pelo mar, a Secretaria de Turismo desenvolveu uma série de capacitações no ano de 2017 com treinamento a recepcionistas, taxistas, barqueiros e funcionários da Central de Atendimento ao Turista. Além disso, a secretaria preparou uma folheteria específica ao setor e divulga um vídeo institucional sobre os atrativos da cidade nas cabines para estimular os passageiros a desembarcarem.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here