Novembro Azul: Saúde de Maricá promove torneio de futebol e conscientização sobre câncer de próstata

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, realizou no sábado (25/11) o Torneio de Futebol do Novembro Azul, reunindo colaboradores da Atenção Primária e da Rede de Urgência e Emergência da cidade para partidas em prol do cuidado integral com a saúde masculina, o que abrange a prevenção do câncer de próstata. A ação aconteceu no campo da orla do Parque Nanci e contou com partidas eliminatórias entre oito times até a final, que consagrou a equipe do Hospital Municipal Conde Modesto Leal como bicampeã da copa de mobilização.

Durante a atividade, também foram disponibilizados vários serviços à população, incluindo orientações sobre a saúde do homem; avaliação de percentual de gordura visceral e músculo; fisioterapia manual; vacinação contra o HPV para crianças de 9 a 14 anos; aferição de pressão arterial e índice glicêmico; escovação supervisionada e entrega de kits de higiene bucal. A iniciativa teve o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer e da Subsecretaria de Políticas Odontológicas.

Leandro Bastos, gerente de Linhas de Cuidado, Ciclos de Vida e Ações Estratégicas da Fundação Estatal de Saúde de Maricá (Femar), destacou o impacto da ação e a importância dos homens manterem o acompanhamento em saúde.

“Esse evento simboliza olhar a saúde do homem como um todo, o que inclui a prevenção dos cânceres de pênis, próstata e testículo, além da andropausa. Por isso, é essencial procurar a Unidade de Saúde da Família de referência, onde será avaliado e, depois, indicados exames importantes. Estivemos na ação informando e compartilhando conhecimento para que todos possam aprender também”, afirmou.

Para Fernanda Beck, coordenadora administrativa da Secretaria de Saúde, o momento integrou conscientização e mobilização dos profissionais.

“Foi um sábado muito agradável, onde conseguimos reunir colaboradores das unidades de Urgência e Emergência e de Saúde da Família. A maioria dos homens não tem tempo para se cuidar por conta do trabalho e, nessa dinâmica, conseguimos promover um momento de conscientização, além de colocarmos em prática o Novembrinho Azul com as crianças presentes”, acrescentou.

Partidas mobilizaram os profissionais

Os oito times que entraram na disputa pelo título de campeão incluíram colaboradores dos hospitais municipais Conde Modesto Leal e Dr. Ernesto Che Guevara, da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Inoã, da Unidade de Emergência Santa Rita, das Unidade de Saúde da Família (USF) de vários distritos, assim como dos setores administrativos da Secretaria de Saúde.

Diego Andryus Freitas, supervisor administrativo do Hospital Conde Modesto Leal, comemorou o bicampeonato da equipe e relembrou o propósito da atividade.

“Essa iniciativa é uma forma de abrir os olhos dos homens, deixando de lado o preconceito para prevenir doenças. Infelizmente, muitas pessoas acabam falecendo por causa de tabus que ainda existem, por isso precisamos conscientizar. O evento é uma oportunidade dos colaboradores da saúde se unirem por esse cuidado e ficamos felizes em sermos campeões novamente da Copa”, ressaltou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here