Cabo Frio: Clientes procuram por “Pastor do Bitcoin” que supostamente sumiu com o dinheiro deles

A empresa Eagle Eyes, que operava com sede na cidade de Cabo Frio é mais uma possível pirâmide usando a imagem das criptomoedas e os clientes já estão preocupados, pois os saques foram suspensos após o sumiço do “Pastor do Bitcoin”.

No caso da Eagle Eyes Investimento, a empresa celebrava contratos com clientes no bairro Jardim Esperança, uma região onde todos se conhecem, segundo uma das clientes que foi vítima desse novo golpe. A sede dessa empresa é no mesmo bairro.

Sem dar muitas explicações aos clientes sobre como conseguiam rentabilizar o dinheiro dos investidores, afirmando apenas operar com “trade especializado de criptomoedas”, eles colocavam a imagem do Bitcoin no contrato e afirmavam que pagariam 15% fixos ao mês.

Em consulta ao CNPJ da Eagle Eyes Investimentos é possível ver que a empresa surgiu em maio de 2021, com sócio apenas Jonas Gomes da Silva, o “Pastor do Bitcoin”.

Alguns clientes já procuraram a delegacia de polícia para registrar boletim de ocorrência, mas vários outros se organizam para irem juntos.

Suspeita-se que Eagle Eyes pode ter captado R$ 10 milhões de cinco mil clientes, sendo mais um possível golpe com uso da imagem do Bitcoin em Cabo Frio.

Fogo

Nesta madrugada de quarta-feira, dia 29, um incêndio criminoso aconteceu no restaurante Puro Paladas, no Jardim Esperança, cujo o dono é o pastor.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here