O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta quinta-feira, dia 25

Iguaba Grande

O prefeito Vantoil Martins chegou hoje de Brasília cheio de otimismo e pelo visto vai conseguir realizar o sonho de criar o pólo gastronômico de Iguaba. O deputado federal Gutemberg Reis é quem está viabilizando emendas parlamentares para a criação do pólo, segundo informações.

Arraial do Cabo

A Delegacia de Arraial do Cabo tem novo delegado titular. Após pouco mais de dez meses à frente da delegacia, a delegada Patrícia Aguiar passou a administração para o delegado Ruchester Marreiros. A solenidade contou com a presença do prefeito, Marcelo Magno, o delegado Daniel Bandeira de Mello e outros secretários municipais.

Búzios

O vereador Lorran Gomes continua “costurando” com seus pares a presidência da câmara. Pelo visto, Lorran vai sentar na cadeira de presidente. A eleição pode acontecer no mês de março.

São Pedro da Aldeia

Rola no canhão da fofoca, de São Pedro, que o prefeito Fábio do Pastel tem uma virtude que todo ser humano deveria ter. O moço ouve tudo de todos e nada fala. Principalmente quando alguém vai pedir alguma coisa. Ele até parece um “Monge”.

Cabo Frio

O secretário de Saúde, Felipe Fernandes, está mantido no cargo. É o que garantem fontes do governo José Bonifácio, depois de circularem rumores da exoneração e da nomeação do ex-prefeito Marquinho Mendes para a pasta.As fontes do jornalismo Litoral garantem que Felipe tem a confiança do partido e do grupo do atual prefeito, e que a administração dele vai quebrar paradigmas e acabar com o controle e a ingerência privada na Saúde. O secretário vêm perdendo apoio político e nesta semana ele recebeu duras críticas do vereador Vanderson Bento, na Tribuna da Câmara. O líder do governo, Davi Souza, presente na sessão, se calou.

Araruama

Os profissionais da Educação de Araruama decidem hoje, em assembleia marcada para às seis da tarde, os rumos da greve pela vida, contra a reabertura das escolas e a retomada das aulas presenciais. A paralisação completa 18 dias, o governo municipal se nega a negociar e o Sindicato esclarece que a greve é restrita às atividades presenciais. Os servidores estão disponíveis para exercer as funções remotamente. O sindicato defende o retorno presencial somente quando os profissionais da educação forem vacinados, e os protocolos sanitários efetivamente aplicados em todas as escolas da rede municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here