Prefeitura de Cabo Frio se reúne com representantes do comércio e da construção civil para discutir estratégias diante da pandemia

O Gabinete de Gestão de Crise, formado para formular estratégias para evitar a disseminação do novo coronavírus, se reuniu nesta quinta-feira (26), com representantes de instituições ligadas ao comércio como Associação Comercial Industrial e Turística de Cabo Frio (ACIA), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio), Sindicato do Comércio Varejista da Região dos Lagos (Sindcom), e da construção civil como a Associação de Arquitetos e Engenheiros da Região dos Lagos (Asaerla). A reunião foi realizada no auditório da Prefeitura, com todas as precauções de segurança e higienização prévia e pós evento. 

O prefeito Dr. Adriano Moreno e os secretários de Desenvolvimento da Cidade, Matheus Mônica; de Fazenda, Clésio Guimarães, de Segurança, Jorge Marge, e o Procurador-Geral do Município, Bruno Araguti, falaram sobre as ações preventivas realizadas no combate ao vírus e para garantir a saúde da população cabo-friense. 

“O que vemos na Europa é fruto de ações tardias. Se não tivéssemos saído na frente com o primeiro decreto para controlar a aglomeração de pessoas estaríamos em uma situação de epidemia na cidade”, enfatizou Dr. Adriano.

Conforme preconizado pelo Ministério da Saúde (MS) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), medidas do dia a dia, como lavar as mãos e evitar aglomerações, reduzem o contágio da doença. Sem a adoção das recomendações, o número de casos do coronavírus podem dobrar a cada três dias. 

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, as capitais Rio de Janeiro e São Paulo já registram caso de transmissão comunitária, quando não é identificada a origem da contaminação. Com isso, se estabelece ainda mais a necessidade de manter condições para diminuir os danos que o vírus pode causar à população.

“Vale destacar que o isolamento social e a manutenção de rigorosos hábitos de higiene são tão importantes quanto as medidas adotadas pelo governo municipal. Apesar de simples, eles são as melhores formas de prevenção e contenção da doença, segundo orientações do Ministério da Saúde. É responsabilidade de cada cidadão realizar tais ações para juntos, combatermos o coronavírus”, disse Dr. Adriano. 

Economia

O avanço do novo coronavírus impacta a saúde da população e o sistema econômico em todo o país. A Prefeitura de Cabo Frio se antecipou nas medidas de saúde pública na região. Neste momento, serão analisados todos os cenários para tomar a decisão mais acertada. 

“Não estamos tomando atitudes alarmistas, temos um corpo técnico especialista que dá todo o suporte para as tomadas de decisão. Estamos trabalhando diariamente para que a situação não se agrave ainda mais”, disse o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Matheus Mônica.

As sugestões feitas pelos representantes serão avaliadas pelo Gabinete de Gestão de Crise, levando em consideração a evolução do coronavírus no Brasil. O Ministério da Saúde prevê que no próximo mês a epidemia aumente pois o país está no início da curva de crescimento pela qual outras nações já estão passando, como Estados Unidos, Itália e Espanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here