Profissionais da Educação em greve ocupam Prefeitura de São Pedro da Aldeia e afirmam que energia do prédio foi cortada

Cerca de 30 profissionais da Educação de São Pedro da Aldeia ocuparam a Prefeitura nesta quarta-feira (22) e afirmam que energia elétrica do prédio municipal foi cortada no fim do expediente. A Prefeitura disse que jamais interrompeu as negociações e que “as 41 escolas estão abertas e funcionando no melhor esforço possível”.

De acordo com o Sepe Costa do Sol, sindicato que representa a categoria, a medida foi tomada porque os servidores não conseguiram uma reunião com o atual prefeito, Cláudio Chumbinho, para as devidas negociações.

Os profissionais entraram em greve por tempo indeterminado na última segunda-feira (20). Eles reivindicam aumento de salários, melhorias nas escolas e contratação de mais professores.

Ainda de acordo com o Sepe, os profissionais chegaram ao prédio nesta quarta-feira por volta das 16h30 para tentar falar com o prefeito, mas foram informados que ele não estava presente e que só voltaria na quinta-feira (23).

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia disse que jamais interrompeu as negociações com o Sindicato, tendo havido progressos. Informaram ainda que “as 41 escolas da rede municipal aldeense estão abertas e funcionando no melhor esforço possível, embora com dificuldades eventuais, importantes, devidas aos efeitos danosos da greve”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here