Prefeito de São Pedro da Aldeia entrega coletes e armas de baixa letalidade para guarda

O prefeito Cláudio Chumbinho entregou na terça-feira, dia 19, em seu gabinete, os novos coletes balísticos e as armas de baixa letalidade (sparks) que serão usadas pelos agentes da Guarda Municipal de São Pedro da Aldeia. Ao todo, foram entregues seis sparks e 43 coletes balísticos com capas individuais.

As armas foram custeadas por uma emenda do Ministério da Justiça e os coletes pela Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI). O uso dos equipamentos foi autorizado pelo Ministério da Defesa. A secretária de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves, o subsecretário da pasta, Jorge Ribeiro, o comandante da Guarda Municipal, Maurício Souza, e as guardas Sulamita Silva Batista e Sebastiana Almeida participaram do momento.

“É com grande felicidade que estou entregando esses novos materiais para a nossa Guarda Municipal. Agradeço a secretária Leila pelo belo trabalho que ela vem fazendo; parabéns a toda equipe da Guarda Municipal. Nas próximas semanas estamos entregando novas motocicletas para a Guarda, equipando a GM. Não é uma tarefa fácil, somos um município com poucos recursos, mas sempre estamos trabalhando em prol da nossa população aldeense”, disse o prefeito Cláudio Chumbinho.

De acordo com a Lei Complementar nº 154, de 12 de Novembro de 2018, o uso das armas de baixa letalidade está autorizado em âmbito municipal. As armas de baixa letalidade são projetadas para conter, debilitar ou incapacitar temporariamente indivíduos. Ainda segundo a lei, as armas serão acauteladas, usadas somente em serviço. 

De acordo com a secretária de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves, os agentes municipais passarão por uma capacitação técnica para a utilização das sparks, visando o cumprimento das leis. 

“Esse é um investimento em segurança pública. Com a chegada desses materiais, São Pedro da Aldeia se torna o primeiro município do Estado do Rio de Janeiro a contar com as sparks e os coletes. Fizemos todos os trâmites para a autorização institucional e os nossos agentes serão capacitados para o uso. Alguns já têm essa permissão e a capacitação técnica necessária, então estamos buscando a habilitação para capacitar os demais guardas”, destacou a secretária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here