Trabalhadores de Búzios protestam contra decisão que fecha a cidade

Cerca de 500 pessoas, trabalhadoras de diferentes setores da economia de Búzios se reúnem na manhã desta quinta-feira (17) em um protesto contra a decisão da Justiça que determinou que a cidade volte para a Bandeira Vermelha – Risco 3 de combate à pandemia da Covid-19. 

Com a decisão, os turistas que estão hospedados no município terão 72 horas para deixar os meios de hospedagem. A bandeira vermelha sinaliza o risco muito elevado de colapso da rede de saúde e a necessidade de isolamento social completo.

Em caso de descumprimento da decisão, o município terá que pagar multa de R$ 100 mil por dia. 

A Prefeitura afirmou que já entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e que, enquanto a decisão estiver valendo, a barreira já não permite a entrada de turistas. O município informou ainda que equipes da Coordenadoria de Posturas de Búzios estão percorrendo as pousadas e hotéis para fazer valer a decisão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here