Prefeitura de Cabo Frio receberá R$ 2 milhões para obra no galpão do Mercado Municipal Sebastião Lan

A Prefeitura de Cabo Frio receberá R$ 2.050.000,00 para as obras de reforma no galpão do Mercado Municipal Sebastião Lan, no Jardim Caiçara. Pela falta de investimentos em manutenção nas gestões passadas, o pavilhão precisou ser interditado em outubro de 2018 para segurança do público e dos próprios feirantes que, desde então, trabalham no pátio externo do mercado.

A verba será destinada pelo Governo do Estado do Rio. No momento, as secretarias de Desenvolvimento da Cidade, de Obras e a Coordenadoria de Planejamento trabalham no projeto a ser apresentado para que o dinheiro seja liberado. O processo é acompanhado por técnicos da Central de Abastecimento do Rio de Janeiro (Ceasa), que dão suporte à Secretaria de Municipal de Agricultura. Apesar de o investimento ser do Governo do Estado e do acompanhamento da Ceasa, o Mercado Municipal Sebastião Lan vai continuar sob a gestão da Prefeitura de Cabo Frio.

Na segunda-feira (18), o secretário de Agricultura, José Dias, esteve em reunião com os feirantes no Mercado. Um esboço do projeto foi apresentado a eles e demandas ouvidas. “Essa reunião foi importante para ouvir as necessidades dos feirantes e estudar a melhor maneira de incluí-las no projeto”, explicou o secretário, que informou que somente após a conclusão do projeto será possível saber o valor e tempo da obra.

Ainda segundo José Dias, a reforma vai beneficiar os feirantes que não vão mais precisar ficar expostos ao tempo. “Será construída uma cobertura para que todos fiquem abrigados do sol e da chuva. O galpão será ampliado, os arcos reformados e a arquitectura da fachada mantida. O projeto ainda prevê um estacionamento com 60 vagas para clientes, inclusive pessoas com deficiência e idosos. Também está sendo estudada uma área para carga e descarga de materiais”, adiantou o secretário.

Durante o encontro, José dias disse que haverá transparência em toda elaboração do projeto até a finalização da obra, e que outras reuniões com os feirantes irão acontecer. Além disso, os tranquilizou ao dizer que ” ninguém deixará de trabalhar durante a execução da obra”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here