Setembro Amarelo é lembrado com extensa programação em Cabo Frio

Em celebração ao Setembro Amarelo, mês de conscientização e prevenção ao suicídio, a Prefeitura de Cabo Frio promoverá diversas ações visando sensibilizar profissionais de saúde e a população. A programação teve início nesta quinta-feira (16) com uma roda de conversa promovida pelo Grupo de Ajuda Mútua em Saúde Mental de Tamoios.

A ação foi voltada para pessoas que encontraram-se sob cuidados da equipe de saúde mental por questões relacionadas à depressão, ansiedade e tentativa de suicídio, e acontecerá semanalmente com objetivo de compartilhar experiências, e buscar estratégias de enfrentamento às questões psicológicas e emocionais.

Já a abordagem com profissionais de saúde será feita pela enfermeira sanitarista, especialista em Gestão Pública e Direito da Saúde, Roberta de Sá Monteiro, e a assistente social, especialista em Saúde Pública e autora do livro “Notificação da violência como fator de proteção social a crianças e adolescentes”, Jeanne de Souza Lima. Elas vão ministrar a palestra “A notificação como fator de proteção a crianças e adolescentes”. O encontro é on-line, e acontecerá nesta sexta-feira (17), das 14h às 17h, pela plataforma do Google Meet através do link https://meet.google.com/mvd-pkon-ffw .

No dia 23 de setembro será inaugurada a biblioteca do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) infanto-juvenil. O evento, que terá como tema “Existe vida após a arte”, contará com apresentação artística dos adolescentes assistidos e familiares. Na ocasião, haverá oficinas de macramé para os pais e responsáveis.

Já no dia 28 de setembro, os usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) 2, especializado no cuidado de pessoas com transtorno mental grave ou persistente, participarão de uma oficina de jardinagem no Horto Municipal de Cabo Frio. O evento será a partir das 8h. No dia 29 de setembro será a vez dos usuários do CAPSI participarem da oficina.

No dia 30 de setembro, em frente ao Centro de Saúde Oswaldo Cruz, no bairro Braga, a partir das 10h30, o público poderá participar de uma palestra sobre a temática da campanha, ministrada por psicólogo e assistente social da unidade. O evento seguirá todas as normas de prevenção, garantindo o distanciamento, e enfrentamento ao coronavírus.

As ações em alusão à campanha também acontecerão durante os encontros dos grupos de acolhimento dos usuários. O grupo “Vencendo a Dor”, que faz parte do CAPS 2, irá abordar a temática da campanha Setembro Amarelo durante todo o mês de setembro Fechando a programação, os usuários da residência terapêutica participarão de um piquenique na Praia das Palmeiras, que está previsto para última semana do mês.

SAÚDE MENTAL EM CABO FRIO

Entre os atendimentos oferecidos pela Secretaria de Saúde de Cabo Frio está a Coordenação da Saúde Mental. O setor conta com cerca de 120 profissionais entre psicólogos, enfermeiros, psiquiatras, técnico de enfermagem, cuidadores, fonoaudiólogos, clínico geral e assistentes sociais.

O Programa de Saúde Mental é composto pelos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Cabo Frio possui três unidades: o CAPS Álcool e Drogas (CAPS AD), especializado no cuidado a pessoas com dependência química; o CAPS 2, para pessoas com transtorno mental grave ou persistente; e o CAPSI, para o público infanto-juvenil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here